Suporte Técnico

Linha Azul

707 105 555

Vidro

GASES UTILIZADOS

Azoto / Hélio / Hidrogénio / Oxigênio

O gás industrial é um importante componente para a indústria de vidro. Permite oferecer diversas aplicações que aumentam a capacidade e a qualidade da produção, protegendo o meio ambiente.

cover

COMBUSTÃO

A combustão é mais eficiente, reduzindo a quantidade de Azoto e aumentando a quantidade de Oxigénio. O Oxigénio melhora a eficiência total da fusão, podendo aumentar a capacidade do forno entre 10 a 25% com um investimento baixo. Reduz, ainda, o impacto ambiental.

cover

BLANKETING

No fabrico de vidro plano, o banho de estanho deve ser protegido da oxidação, evitando que o estanho tenha contacto com o Oxigénio atmosférico, através de uma atmosfera controlada de Árgon e Hidrogénio. Sem oxidação, não há risco de contaminação da superfície do vidro, melhorando a sua qualidade e reduzindo ao mínimo o consumo de estanho fundido.

cover

BOLHAS

Dependendo do tipo de vidro, é injectado Oxigénio ou Azoto para substituir o ar atmosférico. O gás injectado permite manter uma convecção estável no vidro fundido, conduzindo a uma transferência de calor mais estável, resultando na eliminação de bolhas no vidro.

cover

ISOLAMENTO DE JANELAS

O isolamento com vidros duplos ou triplos com gás preserva a energia e evita o ruído. Para a diminuição dos ruídos é importante a densidade do gás, pois quanto maior a massa por área, melhores os resultados. Os gases usados puros ou em misturas são o Hexafluoreto de Enxofre e o Crípton. Para se evitar a perda de calor pelas janelas são usados o Árgon e o Crípton.

Tem dúvidas?

Entre em contacto connosco

+351 234 660 330